Terreiro de Umbanda do Pai Maneco, sábado, 24 junho de 2017

Equipe de Estudos Dirigidos do Terreiro do Pai Maneco

Por sugestão do Paulo Braz está sendo criada uma Equipe de Estudos Dirigidos.

Acho que isso será um avanço no conhecimento da Umbanda principalmente a que se pratica em nosso Terreiro. Não deixa de ser interessante a observação “Umbanda que se pratica neste terreiro é diferente do outro” Teoricamente uma religião deve ser praticada de forma igual em todo lugar, mas a Umbanda carrega a diversidade da religião. Será que todos entendem o que isso quer dizer e como funciona dentro da Umbanda? Provavelmente isso será discutido dentro do grupo. Esses estudos estão abertos para todos os médiuns do Terreiro do Pai Maneco e também a todos que quiserem aprender e discutir essa maravilhosa religião.

Os interessados deverão inscrever-se diretamente com o Paulo Braz, que será o coordenador do Grupo”. O Paulo não é médium atuante, mas um seguidor da religião. Para isso devem escrever diretamente para o e-mail por ele criado estudopaimaneco@hotmail.com.

Adiante transcrevemos na íntegra o regulamento elaborado pelo Paulo Braz para que todos tenham conhecimento:

EQUIPE DE ESTUDOS DIRIGIDOS DO TERREIRO DO PAI MANECO

Finalidade:

1 – Criar um modo cooperativo para pesquisa e aprendizado da Umbanda, com intuito de ampliar o conhecimento da religião em todos os seus aspectos através do estudo, da leitura, do debate interativo para aprofundamento, da produção de sínteses, do respeito e diálogo com os dirigentes, da divulgação dos resultados.

2 – Despertar nos médiuns e quem mais tiver o interesse no aperfeiçoamento intelectual e cultural dentro da Umbanda, visando o próprio desenvolvimento pessoal e espiritual.

3 – Encontrar na diversidade e multiplicidade da literatura Umbandista e também em toda forma de literatura, os melhores conteúdos para estudo e conhecimento, bem como produzir textos e promover sínteses que facilitem o acesso e compreensão desses conteúdos.

4 – Buscar sempre uma linguagem que tenha identidade própria, mas que também seja universalista.

Foco Principal:

3 – Estudo da literatura produzida no Terreiro do Pai Maneco, suas convergências ou divergências mais destacadas, suas razões e orientação espiritual.

Compromisso:

4 – Trabalhar o conhecimento com humildade, sem perder a liberdade, com honestidade sem perder a cordialidade e com simplicidade para não perder a sabedoria, direcionando toda a vontade pessoal para o bem no sentido coletivo, obedecendo primeiramente à orientação recebida dos nossos guias espirituais e respeitando as recomendações dos dirigentes do Terreiro.

Estrutura:

5 – Formação de uma ou mais equipes de colaboradores voluntários e interessados:

  • em pesquisa e estudo de registros escritos ou orais, próprios ou de terceiros, que sejam vinculados e/ou conexos com a Umbanda;
  • dispostos a acatar as decisões oriundas do consenso  e se responsabilizar pelas tarefas que lhe forem atribuídas;
  • na de coleta dados e informações, discussão, consolidação, produção de textos, sínteses e apresentações;

PRÍNCIPIOS GERAIS E ÉTICOS:

6 – As apresentações, como resultado e síntese decorrente do trabalho de estudo dirigido, serão submetidas aos dirigentes do Terreiro do Pai Maneco para avaliação, redirecionamento, inclusão de orientações e aperfeiçoamentos e/ou autorização para divulgação/publicação.

7 – O trabalho será doado ao acervo do Terreiro do Pai Maneco, sem qualquer restrição para ser disponibilizado a todos que porventura venham ter interesse e dele quiserem se utilizar.

8 – A cada reunião um participante diferente deverá o coordenador e mediador das atividades desenvolvidas.

9 – Haverá total independência de cada participante na busca das informações para que a honestidade e imparcialidade sejam abençoadas por nossos guias e permitam conciliar aquilo que nos parecer divergir.

10 – Todas as reuniões serão informadas ao Pai Fernando Guimarães, bem como este poderá atribuir um orientador para o grupo e/ou priorizar a pesquisa de temas cujo benefício para o Terreiro do Pai Maneco seja mais imediato.

11 – Os trabalhos e resultados gerados pela(s)  equipe(s) de estudo dirigido, devem estender-se em benefícios para os irmãos da corrente e da assistência, com mais subsídios para compreensão da Umbanda em todos seus aspectos e, em especial, para compreensão da filosofia e dos trabalhos no Terreiro do Pai Maneco.

OBJETIVOS

  • Desenvolver conhecimento e cultura através de atividade dirigida para este fim no Terreiro do Pai Maneco;
  • Desmistificar conceitos inadequados através do conhecimento e verdadeira orientação espiritual;
  • Sintetizar e reduzir as dificuldades de entendimento nos temas de maior complexidade; e
  • Colaborar na produção de diálogo sobre as questões religiosas mais difíceis entre os dirigentes, médiuns e assistência.

METODOLOGIA

1º Passo: Formação da equipe e 1ª. Reunião para estabelecimento dos princípios de atuação, forma de participação, coordenação, distribuição da tarefa de identificação dos temas de estudo, dos prazos de execução e agendamento da 2ª. Reunião.

2 º Passo: Identificação dos temas gerais e específicos de maior interesse no âmbito do Terreiro do Pai Maneco; através de consulta aos dirigentes, médiuns e assistência, seguindo:

  • Maior interesse do Terreiro do Pai Maneco;
  • Maior interesse da Umbanda atual;
  • Destinados a instrução dos Médiuns;
  • Destinados ao público em geral;
  • Produzidos em textos escritos por autores do Terreiro do Pai Maneco; e
  • Debates sobre livros de Umbanda publicados.

3 º Passo: 2ª. Reunião - estabelecimento do assunto/tema de pesquisa; divisão das tarefas de pesquisa em livros, internet, coleta de depoimentos. Agendamento da data de entrega das informações para debate e ajustamento.

4 º Passo: 3ª. Reunião – debate sobre o tema, consenso sobre os pontos divergentes, reflexão sobre a necessidade de maior aprofundamento e nova coleta de informações sobre o tema, rascunho e síntese escrita do estudo, aprovação parcial do texto pela equipe, eleição do redator final.

5º Passo: 4ª. Reunião – marcada via email pelo coordenador após a aprovação do texto final pelos integrantes da equipe e envio para aprovação do Pai Fernando.  Nesta reunião o dirigente ou os seus representantes deverão promover as alterações no texto apresentado, após debater e orientar os membros da equipe. Reinício do processo com um novo tema.

MEMBROS DA EQUIPE DE ESTUDOS

Todos que tiverem o desejo e o compromisso de estudar, pesquisar e desenvolver a informação para melhoria da cultura e do conhecimento dentro da Umbanda.

Inscrições com o coordenador Paulo Braz - estudopaimaneco@hotmail.com


PAULO ROBERTO DE OLIVEIRA BRAZ
nascido em 26/05/1957 na cidade do Rio de Janeiro (RJ)

FORMAÇÃO FILOSÓFICA RELIGIOSA, PROFISSIONAL E ACADÊMICA

1972 - Com 14 anos, entra para Ordem Rosa-Cruz em Brasília-DF buscando conhecimentos que não eram oferecidos na sua formação católica. Freqüenta a Loja Brasília (Templo Rosa-Cruz) até os 25 anos, chegando a exercer por um ano a função ritualística Guardião do Umbral.

1974 – Completa o Segundo Grau com Ensino Profissionalizante, obtendo o diploma de Jornalismo.

1974 - Paralelamente aos estudos da Ordem Rosa-Cruz, participa de cursos e estudos de Teosofia, Ufologia, Parapsicologia, Para-Normalidade, Numerologia  Astrologia e Kardecismo, até os 28 anos de idade.

1974 - Estagia no jornal: Correio Brasiliense.

1974/1976 – Funda e torna-se diretor geral do Grupo de Teatro Amador da AMORC – Loja Brasília.

1974/1976 - Cursa a FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS – Universidade do Distrito Federal  – UDF (formação incompleta).

1975/1978 - Atua como Fotógrafo Profissional em parceria com a DAGUERRE Produções.

1976/1995 - BANCO DO BRASIL S.A.  – funcionário de carreira, ocupando diversas funções, inclusive de  administrador, além de trabalhar em várias cidades do Brasil.

1977/1978 - Cursa a FACULDADE DE HISTÓRIA – Centro Universitário de Brasília - CEUB (formação incompleta).

1986 - Aos 29 anos, sem poder controlar os fenômenos produzidos pela sua mediunidade, passa a evitar tudo que possa provocar sua manifestação quase anulando sua sensibilidade. Sem vínculos religiosos ou filosóficos, identifica-se como espiritualista.

1987/1988 – Cursa a FACULDADE DE TECNOLOGIA EM COMPUTAÇÃO – Universidade de Blumenau – FURB  (formação incompleta)

1990/1994 – Faz cursos de Reiki, Tarô, Florais e Astrologia e individualmente estuda o Budismo e o Espiritismo.

1994 – Aceito na Maçonaria e fica filiado ao Grande Oriente do Brasil.

1995 - Inconformado com a sensação de vazio espiritual, demite-se do Banco do Brasil S.A. e dos seus 38 até os 42 anos se converte  em um materialista racional.

1995/1997 – Passa desenvolver e atuar em projetos de comercialização de Imóveis e Seguros.

1998/1999 - Administra escritórios de Advocacia e presta consultoria financeira visando a recuperação de empresas

1999/2003 – Torna-se um dos sócios proprietários e diretor técnico da PROCALC – Assessoria em Cálculos e Pericias Judiciais.

2000 – Acompanhando um amigo, conhece o Terreiro do Pai Maneco. Surpreende-se com a intensidade da energia e da vibração do ritual que lhe provoca inúmeras sensações mediúnicas. Sendo observado pelo principal dirigente este lhe recomenda o exercício de sua mediunidade. O medo e preconceito o impedem de aceitar a Umbanda naquele momento. Todavia, nos anos seguintes volta a estudar Astrologia, Psicologia, Filosofia e Antropologia, além da mitologia do Candomblé.

2004/2005 - PREI Auditores Independentes – Diretor Comercial.

2004/2005 - Cursa a FACULDADE DE PSICOLOGIA – Universidade TuiutI do Paraná – UTP (formação incompleta).

2006 – abre a empresa KPAZ Assessoria Comercial e Estratégica S/C Ltda. e como sócio-majoritário concentra os trabalhos na intermediação comercial de projetos diversos, especialmente os de natureza tributária e financeira.  Obs.:  Atualmente é a sua principal ocupação profissional.

2006/2009 – Visita alguns centros espíritas kardecistas acabando por participar em algumas sessões como médium de mesa. Torna-se um espírita de convicção, porém não um praticante. Assim, procura conhecer mais do candomblé, do kardecismo, dos médiuns, além de buscar consultas com cartomantes, tarólogos e outros oráculos.

2010 – Em junho deste ano, levado novamente ao Terreiro do Pai Maneco sente pela primeira vez, aos 53 anos, que a Umbanda o capturou. Finalmente se sente em casa.

Habilidades e Interesses:Informática, redação, matemática financeira, direito, economia, marketing, música, psicologia, antropologia, astrologia, cabala e umbanda.

Categoria: Varios Autores.

Bandeira da Amizade