Terreiro de Umbanda do Pai Maneco, terça-feira, 22 agosto de 2017

COMENTÁRIO DA SEMANA 14

A Umbanda é uma religião que mexe com todos os sentidos dos médiuns, inclusive o emocional. Só para dar uma idéia como ela age em todos, novos ou antigos, vou falar por mim.

Não consigo dormir depois de uma gira que participo. Rolo na cama, conto carneiros e nada resolve. Depois de todos esses anos, por ter vergonha disso nunca tinha contado para ninguém. Hoje não tenho mais esse problema, pois sem querer a Mãe Lucilia confidenciou-me que ela não consegue dormir depois das giras. Disse a ela que eu também tenho essa dificuldade. Descobrimos juntos que outros médiuns têm o mesmo problema. Bem, se nós dirigentes antigos sofremos uma influência psicológica, que dizer dos novos? Só que o problema deles não é insônia. Querem saber o nome de suas entidades, os pontos riscados e todos os segredos da religião. São consumidores insaciáveis das páginas da internet que falam de Umbanda e passam a ler todos os livros da religião e, pior, levam tudo a sério e acreditam que tudo que leram é a verdade. Plagiando algumas vezes brinco: “a Umbanda do Terreiro vizinho sempre é a melhor”.

Li um texto da Andréa Destefani e com muita felicidade ela diz que a internet e suas ferramentas sociais podem trazer uma pessoa do anonimato para a notabilidade. Para isso basta ele escrever um texto bom. Na internet credenciais e tradição não valem nada. Tenho observado que os médiuns novos entraram nessa euforia e buscam incessantemente as novidades sobre seus Orixás. Querem saber pontos cantados, pontos riscados, a qual Orixá Cósmico ele pertence, que linha e mais uma porção de característicos. Eu acho certo, só o canal é que está errado. A internet não ensina que:

  • Ponto riscado é feito com pemba em cima de uma tábua e não em sonhos.
  • Ponto cantado quem fornece ao dirigente da casa é a entidade.
  • Nome quem revela é a entidade ao dirigente que a confere através dos pontos riscados, forma de incorporação e pela sua própria intuição.

O que mais vier através da internet precisa ser autenticado pelos dirigentes. Vou contar um segredinho que ninguém deve saber: como eu já iniciei um novo livro, não acesso mais nada da internet sobre a Umbanda e não leio outros livros para não me deixar influenciar. Eu faço isso mesmo tendo um monte de anos de vida e de pratica espiritual.

Para um médium iniciar um desenvolvimento da sua mediunidade algumas regras devem ser seguidas:

  1. Não fazer nada, ler ou assistir sem antes trocar idéias com os dirigentes;
  2. Não se preocupar em saber sobre as identificações das entidades que estão incorporando;
  3. Deixar que as coisas aconteçam de forma natural, mas sempre informando os dirigentes sobre as coisas que lhe acontece;
  4. Ter consciência que os assuntos relativos ao seu desenvolvimento mediúnico e as entidades que fazem partes das suas incorporações jamais vão ser discutido dentro do Terreiro e jamais em outros locais ou mesmo em Terreiros estranhos;
  5. Que o maior segredo para um desenvolvimento correto e seguro é ter paciência, muita paciência.

Até a próxima.

Fernando M. Guimarães

Categoria: Pai Fernando .

Bandeira da Amizade