Terreiro de Umbanda do Pai Maneco, quarta-feira, 13 dezembro de 2017

O retorno das Giras das Linhas Neutras no TPM

Em trinta dias as Giras Neutras retornarão ao Terreiro do Pai Maneco, mas com algumas exigências.

Para que todos saibam, não poderá haver exagero nas vestimentas, e nas Giras de Ciganos não poderá ser usado incenso nem perfume.

O restante das exigências e determinações serão dadas nos próximos dias, somente pelo Caboclo Akuan e Seu João Boiadeiro, incorporados no Pai Fernando Guimarães.

Seu Akuan permitiu o retomo das Giras Neutras, em razão do bom resultado das entregas que foram feitas pelos médiuns do Terreiro, depois de sua ordem.
 


 

Texto de Caroline Lipca, médium da Gira de segunda feira, enviado ao Pai Fernando, após ser anunciado o retorno das Giras Neutras.

Com a sua animadora notícia da volta das linhas neutras marcada para daqui 30 dias, não pude evitar trazer da memória uma história marcante.

"Quando comecei a incorporar na Umbanda, avisei que meu nome era João. Naquele tempo era tudo muito diferente. Inclusive a lida com os espíritos. Então, por teimosia, me chamavam Joãozinho. Tentei várias vezes dizer que me chamava João Boiadeiro - inflou seu peito, cheio de postura - e logo diziam, fica quieto, Joãozinho!"

 E fez um sinal com a mão, como quem manda alguém para "o seu canto".

"A linha de boiadeiros demorou para ter seu espaço. E eu também para ter o meu. Foram me chamar João Boiadeiro quando pude ter a minha gira, porque daí respeitavam o que eu dizia. Antes disso, eu incorporava e só me chamavam Joãozinho."

 Foi quando passou os olhos no rosto de cada filho de corrente ali presente. E continuou:

As coisas na Umbanda mudaram muito. As pessoas que faziam Umbanda, antigamente, eram mais simples. Pois a Umbanda começou com humildade. Mas hoje, com a educação e a riqueza intelectual de cada cavalo, a Umbanda também cresce. E pode falar com as pessoas sobre coisas e com uma profundidade que antes não conseguia. Então, o aprimoramento moral e cultural de cada um de vocês também faz bem para a Umbanda. Faz ela ganhar espaço e respeito, pelas suas atitudes e pelo que vocês representam. E eu estou feliz por termos chegado aqui."
 

Saravá, S. João Boiadeiro! Que dessa vez nós não desviemos do caminho - e sejamos merecedores da alegria, da bravura, a liberdade e a força dos boiadeiros.

"Ê, boi!"

Bandeira da Amizade