Terreiro de Umbanda do Pai Maneco, domingo, 24 setembro de 2017

Rituais da Umbanda

por Caroline Carvalho Fornos

A partir desta edição vamos falar sobre rituais e particularidades da Umbanda praticada no Terreiro do Pai Maneco. Os rituais na Umbanda são diversos e cada terreiro dene os seus, assim como também suas regras e losoa de trabalho. É extremamente importante que os médiuns conheçam o signicado desses ritos. E nisso o jornal do TPM ajuda você!

Obi

Obi é a semente de uma palmeira africana muito utilizada para descobrir o Orixá de cabeça de um filho. Essa semente é cortada em quatro partes e jogada pelo pai de santo, que intui qual é o Orixá do filho e o obi confirma.

A semente vibra na energia do Orixá. A disposição em que suas partes caem denota resposta positiva ou negativa. A resposta pode não ser imediata, por isso o pai de santo joga quantas vezes forem necessárias para confirmar o Orixá.

Batizado

Cerimônia que abençoa o espírito dentro dos critérios da Umbanda. No batizado, a cabeça do filho é lavada com água. Os espíritos escolhidos como padrinhos assumem compromisso com o filho e tem como missão protegê-lo.

 

 

Casamento

É o ritual que consagra e abençoa a união de um casal sob a proteção dos Orixás. Na Umbanda é realizado pela entidade do pai de santo, tem padrinhos espirituais e materiais. Os padrinhos espirituais recebem a missão de proteger o casal.

São utilizados elementos como: flor em água para benzer o casal, pemba para cruzar as alianças, pão e vinho representando a vida. Cada noivo recebe uma guia de anjo da guarda que troca com seu cônjuge, ação que representa a troca de cuidados de um pelo outro.

Amalá

É um ritual em que o umbandista oferece elementos para que o Orixá possa trabalhar por uma  determinada causa. Normalmente entregamos a comida, bebida, vela e demais elementos para o Orixá. É importante certificar-se de que está entregando no amalá os elementos correspondentes ao Orixá; você encontra essas especificações no site do terreiro. Os elementos entregues criam um campo de força que gera a energia necessária para que os espíritos trabalhem em benefício
do pedido.

Não esqueça: quantidade não importa. O importante é entregar os elementos corretos e preparar tudo com amor e carinho. Quando acendemos uma vela para o Orixá, não criamos campo de força.
Neste caso, você entra em sintonia com a energia do Orixá em questão.

Amaci

É o batismo do médium na Umbanda, através de um ritual que integra o filho a religião. A partir deste
momento, alguns compromissos são firmados: do médium com suas entidades e do médium com a Umbanda.

Neste ritual a cabeça do médium é lavada com ervas e bebidas do seu Orixá com o objetivo de conectar o filho ao seu pai de cabeça. Um pano branco é utilizado para condensar a energia despejada na coroa. A bebida utilizada é guardada numa espécie de pratinho de barro chamado alguidar, que é alimentado pelos pais de santo e representa a firmeza do filho na casa.

Editorias: Rituais.

Bandeira da Amizade