Visitas ilustres no Pai Maneco

No próximo dia 23 (segunda-feira), o Terreiro Pai Maneco recebe a visita dos índios Fulniô, que apresentarão o “Coco de Roda”, um ritmo de estilo próprio e de origem negra e indígena. A apresentação será no Anexo 2, a partir das 19 h. Haverá também exposição e venda de artesanato.

O povo Fulniô vem do interior de Pernambuco (Águas Belas) e são os únicos que conseguiram preservar a própria língua – o Yathe. A origem do nome Fulniô é muito antiga e significa “povo da beira do rio” e se relaciona com rio que corre ao longo de sua aldeia.

Trabalham com palha do Ouricuri (planta da família das Palmeiras), sementes e elementos da natureza. Fazem bolsas, colares, brincos e artefatos indígenas.

O artesanato é a principal fonte de renda dos guerreiros. Suas manifestações culturais incluem a dança e música, as quais em sua maioria são cantadas em sua língua mãe. O uso de cocar, pinturas corporais e adereços fazem parte da cultura Fulniô.

Serviço:
Apresentação dos Índios Fulniô
Quando: 23/04 (segunda-feira) às 19h
Onde: Anexo 2
Quanto: entrada livre

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.