Terreiro de Umbanda do Pai Maneco, domingo, 20 agosto de 2017

Minha Opinião - Junho 2009

Buscar a verdade é tentar alcançar o inicio do arco-íris. Ela existe, mas está espalhada entre o povo e é ele quem tem que ser ouvido.

Eu não sei como foi o inicio da Umbanda, mas quando ela foi oficializada com certeza já era praticada pelo povo. Provavelmente de forma tímida, escondida dos inimigos declarados, as igrejas cristãs e a policia radical. Mas todos nós sabemos que ela foi criada, espalhada e confirmada pelo povo. Concluo, então, que o anuncio de sua existência foi a síntese do que o ele falava, queria e praticava, e sem essa força das massas ela não existiria. Pela timidez não foi revelado nenhum dono, líder ou pregador da doutrina.

Sempre sonhei em ver uma Umbanda revelada pela simplicidade popular. Livros, palestras, discussões e teorias existem bastante. Mas não é o povo que escreve, fala, discute ou explica.

Buscar a verdade é tentar alcançar o inicio do arco-íris. Ela existe, mas está espalhada entre o povo e é ele quem tem que ser ouvido.

Sempre admirei a modernidade, a ciência nova, as experiências arrojadas e a ousadia em falar e escrever. Ficava impressionado com a intimidade do jornalista Davi Nasser que apelidou o Presidente da Republica Juscelino Kubistchek de Oliveira de “adorável cafajeste”. Quando o satélite ainda não fazia parte de nossa ciência e, por conseguinte, a televisão ainda não existia em nossa cidade, algumas pessoas tentavam com suas enormes TVs importadas captar imagens projetadas pela lua, o legitimo satélite da terra. Às vezes até conseguiam, cheias de defeitos, ruídos e chuviscos, mas conseguiam. Não queriam assistir os programas de São Paulo, era o prazer de superar o difícil. E eu, ainda jovem, admirava aquela turma.

Quis experimentar, como dirigente de terreiro, um contato direto com os umbandistas. Sempre premiando a modernidade, tentei aconselhado por meu neto criar um Blog. Chamei Blog do Pai Maneco. Estou surpreso, não só com a quantidade de acesso, chegando a trinta e uma mil páginas visitadas no ultimo mês, mas como a sede dos blogueiros de trocarem idéias sobre a religião, até mesmo com certa ingenuidade nas perguntas, muito embora outras sejam de excelente visão. De todo tipo. Fiz um tópico chamado Tema Livre, e já estou no Tema Livre n.5 porque extrapolou a quantidade de tópicos permitidos na capacidade do blog. Do dia 23 de Maio até hoje, dia 16 e Junho, foram postados mais de novecentos comentários. Sem nenhuma duvida que esse canal de interação e comunicação dos dirigentes com os médiuns tem um alcance impressionante, atingindo vários países, o que demonstra que a Umbanda já faz tempo saiu de seu cantinho modesto e deu um grito revelando sua existência brasileira.

Se outros dirigentes criassem também seus blogs, tenho certeza que a nossa religião iria ser muito mais popular, mesmo porque, quero render minha homenagem ao povo que sabe as coisas que escreve, sem medo e com muita autoridade. Sei que muito dirigente iria encolher-se e ter que escrever o “não sei responder”. Isso mostra que só assim podemos sepultar a mesmice dos conceitos e abrir a comporta da razoabilidade para o exercício limpo da doutrina espiritual popular que recebeu o nome de UMBANDA. Nasceu com o povo e será modernizada pelo povo.

Essa é a Minha Opinião!

Categoria: Pai Fernando .

Bandeira da Amizade