Terreiro de Umbanda do Pai Maneco, quarta-feira, 24 maio de 2017

COMENTÁRIO DA SEMANA 15

Acho que todos nós umbandistas deveríamos de tempos em tempos fazer uma reciclagem na forma de praticar a religião.

As ligações do desenvolvimento mediúnico com o aprimoramento da nossa espiritualidade sem nenhum questionamento estão interligadas. Objetivamente, se estamos praticando a Umbanda é porque a escolhemos como religião para nos reaproximarmos de Deus. Se assim fizemos, é porque temos confiança nela e quanto mais cuidadosamente a praticarmos melhor resultados teremos no nosso desenvolvimento mediúnico, no nosso aprendizado e na nossa evolução espiritual. Isso feito seremos melhores pessoas.

Repetindo sempre o que todos falam, a Umbanda é uma religião brasileira, feita para os brasileiros onde as entidades principais são os Caboclos, os Pretos Velhos e as Crianças. Parece pouco, mas em cima disso está toda uma magia incrível e sobre ela, por mais experiente que seja só uma pequena parcela dela é do conhecimento de alguém.

Cada um é o que é e eu sou o que sou e, queiram ou não, fui eu quem ao criar o Terreiro do Pai Maneco introduziu a filosofia da Umbanda Pés no Chão para desmanchar conceitos fantasiosos e derrubar mitos, sem mexer, faço questão de dizer, no belíssimo folclore da Umbanda.

Achei oportuno abrir espaços para enriquecimento da cultura dos médiuns do nosso Terreiro. Estamos cuidando para que ela seja correta e objetiva, porque só assim a Umbanda poderá ser vista e reconhecida como uma religião que só prega o amor e a evolução espiritual de seus médiuns. Então, a Umbanda tem que ser estudada. Umbanda estudada? Vejamos:

Médiuns ligados ao nosso terreiro falam e incentivam estudos da apometria, dos chacras, do esoterismo, do budismo, do kardecismo, do catolicismo e outros segmentos religiosos. Eles pertencem à Umbanda? Acho que não. Isso não faz parte da Umbanda Pés no Chão que todos os médiuns que estão no Terreiro do Pai Maneco prometeram seguir.

Neste nosso site onde só existem textos originais e nenhum deles foi copiado ou transcrito de outro lugar, no mês de agosto ultimo foram visitadas 224.135 páginas o que nos dá uma estimativa de 2.689.620 páginas até o fim do ano. Isso constata que quase três milhões de pessoas anualmente consultam as páginas do nosso site que tem como base a filosofia que pregamos no Terreiro: Umbanda Pés no Chão. E nossos médiuns buscam, copiam e postam em suas ferramentas sociais on-line as outras religiões. Ao invés delas sugiro que nossos médiuns estudem as culturas dos negros africanos, da escravidão e do índio brasileiro.

Fernando M. Guimarães

Categoria: Pai Fernando .

Bandeira da Amizade