Terreiro de Umbanda do Pai Maneco, quarta-feira, 13 dezembro de 2017

VOCÊ ACREDITA EM MILAGRES? EU ACREDITO! - Por Moana Mari Stadler Leandro

Meu pai é cardíaco, já enfartou várias vezes, fez algumas angioplastias e passou por uma cirurgia de revascularização do miocárdio no mês de abril, a popular ponte de safena.
A estenose é tão agressiva que no mês de julho meu pai foi novamente internado: uma das quatro pontes de safena já estava obstruída, o que é bastante raro. Por questões burocráticas, depois de duas semanas de internação, meu pai teve alta para aguardar em casa por mais uma angioplastia. Não deu tempo.
No dia 06/08/2017, um domingo, fomos avisados pela minha madrasta que meu pai estava passando muito mal no pronto socorro da cidade vizinha. O desespero se instalou e eu só suplicava pela vida dele.
Transferido para um centro com mais recursos, foram muitos dias de luta, incertezas, lágrimas e sorrisos. E eu? Eu me segurei na fé em Deus, nos Orixás e nos Guias e pedi, pedi, pedi...
No Terreiro meu pai foi cuidado na Gira da Mãe Lucília, logo depois do infarto, assim como na minha Gira - pelo S. Pedra Preta, Caboclo de Xangô que trabalha com a Mãe Jô, e por médicos na Gira de Leito. Quanta GRATIDÃO.
No cateterismo descobriu-se que duas safenas estavam 99% obstruídas, ou seja, segundo os médicos nem um fio de cabelo passava por elas, mas, depois do trabalho incansável dos Espíritos, a obstrução reduziu para 95%, diminuindo sobremaneira os riscos da angioplastia pela qual ele passou. Sim! Ele passou pelo procedimento e está em casa.
Foram vinte e tantos dias de hospital e eu tenho certeza que ele e nós, que o acompanhamos, aprendemos lições valiosas de fé, humildade, solidariedade e vida.
Quanto a mim, particularmente, nunca me cansarei de agradecer aos Espíritos trabalhadores desta Casa iluminada, que tanto fazem por nós, assim como aos Guias que me acompanham, porque sem o amparo e a proteção deles eu teria sucumbido.

 

Moana Mari Stadler Leandro, filha de Xangô e médium da Gira da Mãe Jô de Oxum 

Categoria: Espaço do Médium.

Bandeira da Amizade