Terreiro de Umbanda do Pai Maneco, sexta-feira, 18 agosto de 2017

Meu Caminho para a Umbanda

Outubro de 2012, eu tinha uma loja de roupas e calçados muito bem instalada, clientela formada,vendia muito e também muitas amizades,aquelas amigas de estarem quase todos os dias na loja comigo,inclusive quando eu viajava elas me ajudavam a tomar conta.

Para mim, era muito normal amigas de muito tempo que eu confiava, jamais vi algo errado.
Dezembro de 2012 o movimento da loja despencou coisa que era pra ser muito bom ficou ruim, mas tudo bem pode ser a crise que afeta muitas pessoas.
Março de 2013 comecei a ficar doente, sentia muitas coisas dores, enjoos e outros, comecei a ir em médicos e falavam que eu não tinha nada exames todos normais nada alterado, e o tempo passou e cada dia eu me sentindo pior. Nesse período começaram a acontecer coisas que não eram normais, meus clientes desapareceram, o serviço do meu marido de mal a pior, muitas discussões dentro de casa, mas achava que tudo passaria pois sempre nos demos muito bem.
Na minha casa torneira de abriam sózinhas, luzes acendiam e se apagavam sem ninguém por perto, até o ventilador tocava música dele como se fosse um rádio ligado. As imagens que tenho de santos viravam de costas sózinhas, estalos, barulhos enfim tudo que era assustador acontecia até espiritos eu via dentro e fora de casa não só vultos mas até sentado na cama do meu neto eu vi.
Em setembro de 2013 a minha saúde piorava cada dia e eu já não tinha forças. Estava emagrecendo muito e os médicos naõ achavam nada estava tudo normal para eles. Fiz vários exames de todos os tipos e nada de acharem o que eu tinha.
Um dia, duas clientes entraram na loja sabendo do meu caso e falaram: "Vai no Pai Maneco. Lá eles vão te ajudar. Lá tem Exu e eles te ajudam."

Eu falei: "Mas credo, eu não vou. Onde tem Exu não é coisa boa".

Comentei com meu marido e ele falou: "Vai sim, pois sempre levo passageiros lá."

Na realidade eu já não tinha mais fé em nada e não acreditava mais em nada. Cada dia que passava sentia que morria um pouco e sabia que não passaria viva para 2014. Estava preparando o meu neto para meu desencarne.

Em outubro de 2013 percebi que meu olho esquerdo saltou minha visão ficou dupla, e eu ja tinha emagrecido 24 kilos estava pele e osso , virei um monstro, não sai mais de casa não queria ver mais ninguém eu estava literalmente esperando a morte chegar.

Decidi ir ao Pai Maneco. Chegando la vi aquelas mulheres com aqueles colares achei terrivel queria ir embora de qualquer jeito, mas meu marido não deixou e ali começou a mudar minha vida,na primeira semana ja tive resultado de exames por um médico e começou o tratamento, e toda semana estava eu no terreiro Pai Maneco e assim foi uns 4 meses.

Teve um médium que me falou para eu continuar fazendo tratamento no terreiro mesmo que eu melhorasse, pois o que fizeram para mim era muito forte. Eu comecei a pedir a entidades que mostra o que fizeram. Resolvi vender a loja e bo dia que vendi, veio uma daquelas que era minha amiga e falou: "Jo, vocë sabe porque ficou tão doente? Sabe porque esta vendendo a loja?". Disse: "Desconfio". Ela falou: "Então tenha certeza, porque tal pessoa fez um trabalho pra te matar mesmo de tanto ciúmes e inveja que tem de você, por ter conseguido as coisas e ela não".

No mesmo dia, por volta das 22 horas, estava fora de casa no quintal pensando no que tinha acontecido, entrei rápido para dentro de casa e no meu quarto estava um mal cheiro terrivel não sei da onde veio aquele cheiro.

Fui para o terreiro falei com mãe Lucília e na outra semana dia de EXU foi feito o trabalho par desmanchar o que tinham feito.
Fiz a cirurgia no médico da terra, que era para ser de 5 horas e durou 2,5 horas. Ocorreu tudo bem e hoje enxergo bem. Recuperei minha saúde graças a todos do Terreiro Pai Maneco.
Quero agradeçer a Mirtes sempre tão atenciosa, aos médiuns que sempre me atenderam com tanta dedicação.
Agradecimento especial a essa mãe maravilhosa que faz parte de minha vida. Obrigada Mãe Lucília .
Obrigada Pai Fernando por ter feito esta casa cheia de amor e caridade, pois se não fossem vocês, com certeza não estaria mais aqui.

Meu eterno amor erespeito serão sempre dedicados a todos vocês.
Saravá Umbanda.

Josiane Erdeman
Gira de Segunda-Feira
 

Categoria: Espaço do Médium.

Bandeira da Amizade