Terreiro de Umbanda do Pai Maneco, domingo, 23 abril de 2017

Em 2011, eu era filha do Pai Beco, mas da gira da tarde.

por Odile Ventura de Andrade

Em um dos cursos da Mãe Jô, reencontrei um amor de adolescência, me assustei pois na época ele era cético, então foi curioso encontrá-lo num terreiro fazendo curso.
Soube que ele também era filho do Pai Beco, mas da nossa gira de quinta.
Pouco tempo depois estávamos namorando e sempre com a gratidão de termos a benção do reencontro através do TPM.
Hoje, 2 anos depois nossa família se estabiliza, estando eu grávida de uma menina que se chamará Açucena.

Agradeço muito ao TPM por todas curas alcançadas e agora por essa graça recebida.
Saravá!!!

Categoria: Espaço do Médium.

Bandeira da Amizade