Terreiro de Umbanda do Pai Maneco, terça-feira, 22 agosto de 2017

GIRA DO TRABALHO DE PRAIA 2016 FOI "MUITO ESPECIAL"

Pode até ser uma obrigação.
Pode até ser porque o pai ou a mãe de santo mandaram.
Ou porque é uma grande festa de confraternização, como também é o Trabalho de Mata.
Ou o motivo poderia ser uma desculpa para ir para a praia.
Ou só para ir mais uma vez em um evento.
Poderia, mas não é...

VEJA AS FOTOS AQUI

Todos os que foram, e foram centenas, provavelmente mais de mil pessoas, até Praia de Leste, em Pontal do Paraná, em frente à Associação Banestado, no sábado (27 de fevereiro) sabem que não importam os motivos. Todos eles são válidos.

Mas a certeza daqueles que estiveram lá é que foi um “trabalho muito especial”.

Tudo contribuiu para o melhor astral e para que a gira ocorresse de forma harmônica e suave, com o desenvolvimento das atividades espirituais acontecendo de maneira natural. Com muita energia dos médiuns, dos dirigentes e da assistência.

Energia boa, energia positiva, aquela energia que faz crescer a fé e que motiva a continuar a fazer a Umbanda Pés no Chão que o Pai Fernando de Ogum desenvolveu, praticou e ensinou. A Umbanda da caridade e da compaixão ao próximo. Que é perpetuada pelos seus filhos de fé e de coração.

E a homenagem à mãe Iemanjá foi digna do fundador do Terreiro do Pai Maneco. Todos os pais, mães, capitães, ogans, sambas, enfim, toda a hierarquia, e os filhos da corrente fizeram uma gira realmente “muito especial”.

Cumpridas as obrigações, restou uma alegria incontida nos olhares, sorrisos e feições de todos que estiveram neste “Trabalho de Praia de 2016”. Uma energia revigorante e renovadora deixa todos mais entusiasmados para as atividades deste ano.

E como disse a Mãe Lucilia de Iemanjá no encerramento:

“VIVA O TERREIRO DO PAI MANECO, VIVA A UMBANDA! ”

 

 

Bandeira da Amizade