Terreiro de Umbanda do Pai Maneco, sábado, 23 setembro de 2017

A entrega na Umbanda

A entrega é um ritual onde se oferece elementos para que os Orixás ou entidades trabalhem por uma determinada causa. Normalmente se entrega comida, bebida, vela e demais elementos. Os elementos entregues criam um campo de força que gera a energia necessária para que os espíritos trabalhem em benefício do pedido. “É uma maneira de você poder renovar sua energia com seu Orixá. É poder pedir ajuda quando precisar ou apenas agradecer. É a ponte entre você e seu Orixá ou as entidades que têm ligação”, explica o Pai pequeno, Robert de Ogum.

Segundo Robert, o mais importante é a fé com que a entrega é feita. “Você pode entregar somente uma vela ou um amalá inteiro bonito, mas se não tiver fé fica tudo sem sentido. Agora se você tiver fé tudo flui com mais facilidade e tudo se acerta e acaba dando certo”, conta.

Robert explica que numa entrega os elementos que não podem faltar é a vela e a bebida, para derramar em volta do amalá.

“No dia de fazer uma entrega, começo tentando estar bem e com bons pensamentos. Não bebo bebida alcoólica, procuro não me estressar, para que eu esteja como uma energia boa. Na hora de cozinhar, independente de para quem seja o amalá, cozinho cantando pontos e preparo a comida como se fosse para um data festiva, com maior capricho e carinho, pois acho que toda essa energia boa se junta e volta para quem faz o amalá”, ressalta.

Regras para utilização do Jardim do Orixás no Terreiro Pai Maneco:
Não incorporar;
Não é permitido oferendas com sacrifício de animais;
Não acender velas no meio das plantas ou imagens;
Não colher plantas, flores e frutos do jardim;
Não deixar lixo no jardim, recolher nas lixeiras.
 

Bandeira da Amizade