Terreiro de Umbanda do Pai Maneco, sábado, 24 junho de 2017

BANDEIRAS DA AMIZADE VÃO MAPEAR OS TERREIROS DE UMBANDA QUE TRABALHAM NA CARIDADE

fotos: Daniel Rebello

O Terreiro do Pai Maneco (TPM) começou na semana passada, terça-feira (13), no Girão de Encerramento de 2016, mais uma ação de integração entre os terreiros de Umbanda de Curitiba, com o objetivo de conhecer quais casas trabalham nos princípios da caridade e da cultura da paz. São as Bandeiras da Amizade, que também vão ajudar a revelar e integrar os terreiros.

“São três bandeiras que foram imantadas pelas entidades na gira desta terça e que vão percorrer, com a finalidade de mostrar e selar a amizade entre os terreiros que trabalham com a caridade. Este é um requisito para receber a bandeira”, explicou Mãe Lucilia de Iemanjá, diretora espiritual do TPM.

Ela também afirmou que cada uma das bandeiras ficará por alguns dias no terreiro escolhido e também serão imantadas pelas entidades da casa. “Assim eles também colocam as energias na bandeira e propagam a ideia ao escolher outro terreiro para receber a bandeira da paz e da amizade”.

RASTREADOR
Para ajudar no registro dos terreiros que recebem as bandeiras, cada uma delas têm um rastreador com GPS que dará a localização online. “É a tecnologia que vai nos ajudar para sabermos por onde a bandeira anda” destacou Mãe Lucilia.

“Vamos registrar depois no site do TPM os terreiros. Assim estaremos sinalizando e mapeando os terreiros, com nome e endereço, que não cobram e trabalham por caridade. Esse projeto deve durar um ano”, detalhou. “Vamos registrando o caminho das bandeiras em nosso site para todos acompanharem”.
 

Fotos: Daniel Rebello

Bandeira da Amizade