Terreiro de Umbanda do Pai Maneco, domingo, 22 outubro de 2017

Pontos Xangô

FaixaOuvirLetraBaixar
1 Louvação a Xangô

You may need: Adobe Flash Player.

Louvação a Xangô

Louvação a Xangô

Mais uma vez meu pai Xangô me ajudou >
Nesse terreiro eu vou cantar
Em seu louvor > 2X
Xangô é meu guia
É meu protetor
Na tristeza e na alegria
Nunca me abandonou
É o senhor dos raios
É o Deus do trovão
E a sua machadinha
Xangô traz ela nas mãos

 
 
2 Xangô Meu Pai de Fé

You may need: Adobe Flash Player.

Xangô Meu Pai de Fé

Xangô Meu Pai de Fé

Kaô kaô kaô >
Xangô meu pai de fé, meu pai de fé >
Mora na pedreira >
Tem no seu trono o leão e seu oxê > 2X
Xangô quando chega na Umbanda
Traz maleime que é seu perdão
Cuida do nosso destino
Dando a sua proteção
Meu Pai ele é São Jerônimo
Tem o livro e a pena na mão
Ele é o santo da justiça
Ele é o rei do trovão
 

 
 
3 Kaô Pai Xangô

You may need: Adobe Flash Player.

Kaô Pai Xangô

Kaô Pai Xangô

Ouvi um trovão na pedreira ouvi
Clareou toda a terra eu vi
Passarada a revoar
Senti uma alegria tão grande
Ao ver aquela imagem que logo reconheci
Chorei, implorei por justiça
Pai Xangô eu sou seu filho
Olha o meu caminhar
Oh pai, não me deixe andar sozinho >
Que ao lado do Senhor >
Prometo que vou sempre estar > 2X
Kaô pai Xangô, é o meu pai
É o meu guia e protetor
Kaô pai Xangô, todos seus filhos
Lhe adoram com amor
Senhor da justiça e verdade
Com a sua machadinha
As mirongas vai cortar
Sentado em seu trono e coroado >
Tira as pedras do caminho >
Por onde eu vou passar > 2X
 

 
 
4 Caboclo Pedra Verde

You may need: Adobe Flash Player.

Caboclo Pedra Verde

Caboclo Pedra Verde

E de cima da montanha
Eu venho e sou onça ligeira
Sou caboclo pedra verde
Do alto da cachoeira
Eu sou o musgo sobre a pedra
Raio que cai na cordilheira
Venho de onde começa tudo
De onde nasce a corredeira
 

 
 

Bandeira da Amizade