Terreiro de Umbanda do Pai Maneco, sexta-feira, 24 março de 2017

Amalás

por Caroline Carvalho Fornos

Na edição anterior falamos o que é um amalá e explicamos porque o fazemos.
Vale lembrar que o mais importante é a intenção com que fazemos a entrega, que os espíritos precisam da energia destes elementos para trabalhar e que a quantidade não importa - parafraseando Pai Fernando de Ogum: se quantidade importasse, ele mandaria contratar um buffet!

O amalá pode ser simples e de preferência entregue no Jardim dos Orixás do Terreiro do Pai Maneco. Assim poupamos a natureza, não poluímos as ruas e podemos fazer nossas entregas em segurança.

Agora vamos esclarecer quais são os elementos que fazem parte do amalá de cada Orixá e de cada linha de Umbanda. E ainda atentar para a conscientização dos médiuns pela proteção daquela que é a base da força de nosso trabalho: a natureza! Vamos substituir elementos que não se desintegram com o tempo por outros biodegradáveis.

Orixás

Oxalá
7 velas brancas, água mineral, canjica branca e flores brancas.

Ogum
7 velas brancas e vermelhas, cerveja branca servida
em coité, charuto, peixe de escama e de água doce ou camarão seco, amendoins e frutas, de  preferência, dentre elas, uma manga (melhor a espada).
 

Iemanjá
7 velas azuis, água ou champanhe, manjar branco,
rosas brancas ou outro tipo de flor branca.
Oxóssi

7 velas verdes, cerveja branca servida em coité,
charuto, peixe com escama de água doce ou uma moganga bem assada com milho dentro coberto com mel.

Oxum
7 velas amarelo claro, flores amarelas, água mineral, canjica amarela, fitas amarelo claro e branca.
Xangô
7 velas marrons, charuto, cerveja preta servida em coité, camarão, quiabo.
Iansã
7 velas amarelo escuro, água mineral, acarajé ou milho em espiga coberto com mel ou ainda canjica amarela.

Entidades

Preto Velho
7 velas branca e preta, tutu de feijão, feijão fradinho, doces naturais como cocada, rapadura. Bebida: cerveja preta ou marafo. Fruta: banana prata, também conhecida como bananamaçã. Flores brancas. Um cachimbo, fumo e cigarro de palha.
Erê
7 velas brancas, rosas ou azuis. Balas, pirulitos que podem ser do formato de chupeta e doces de qualquer tipo. A bebida pode ser um refrigerante, de preferência guaraná.
 
Exu
7 velas vermelhas e sete pretas. Comida: farofa de milho, com bastante pimenta e alho, coberto com azeite de dendê. O recipiente pode ser, no caso dos exus, um alguidar de barro; bebida: marafo; 7 charutos. Se quiser, flores vermelhas.
Pomba Gira
Farofa, vinho branco ou rose, cigarro entregue com a carteira aberta e alguns puxados para fora. Uma caixa de fósforos
Boiadeiro
7 velas amarelas. Comida dentro de uma gamela: arroz integral, virado de feijão preto, batata assada, rapadura, cocada, arroz mineiro, arroz tropeiro. Podem ser usadas moganga, flores do campo, cigarros ou cigarrilhas. Bebida: marafo ou batida de coco.
 
Cigano
3 ou 7 velas de cera incolor, frutas como maçã, pêssego, uva principalmente. Dentro de uma gamela, arroz integral e batatas assadas pequenas e descascadas, cobertas com canela e mel, tudo arranjado com flores. Bebida para o cigano vinho tinto, e para a cigana vinho branco. Para o cigano cigarro ou cigarrilha, e para cigana cigarros.
 
Marinheiro
Para a linha dos marinheiros nós preparamos uma entrega com arroz branco, peixe de água salgada, às vezes batata com mel, pedaços de coco, cigarro, marafo e cravo. Pode ser usado no lugar do alguidar
de barro a gamela, folhas de bananeira ou casca de
coqueiro.
 
Editorias: Rituais.