Terreiro de Umbanda do Pai Maneco, sexta-feira, 28 julho de 2017

Ciência e espiritualidade

por Vitor Vitti

O cérebro e a mudança vibracional da terra e dos humanos

O homem que desenvolveu a capacidade de colocar seu pensamento em sintonia com o coração é um ser multidimensional e conectado com o Universo na sua mais bela expressão.

O maior exemplo que vi de ser multidimensional é Walt Disney, que tornou realidade tudo que fazia parte do imaginário infantil. Dizia: “Se não pode mudar o mundo e as pessoas, mude você”.

Para realizarmos transformações em nós é necessário um estudo sobre esta máquina extraordinária, o cérebro. É sabido que o cérebro possui três estruturas independentes e interconectadas:

  • Sistema límbico, cérebro emocional: herdado dos mamíferos, é o límbico, no limite externo do tronco cerebral, sede do cérebro reptiliano. Administra emoções e capacidade de sentir.
  • Reptiliano: coordena o comportamento, hábitos, padrões repetitivos física e quimicamente. Fruto da longa evolução animal até o homem; herdado dos répteis, controla reações, movimentos automáticos, gestos instintivos e involuntários. Sistema Nervoso Autônomo.
  • Neocórtex: há 100 milhões de anos o cérebro dos mamíferos deu um salto, mudou a frequência fazendo surgir o neocórtex. Nascia o Homo sapiens com os dois hemisférios, direito e esquerdo, correspondendo ao pensamento racional e à imaginação. Um lado gerenciando ações da personalidade e outro dirigindo procedimentos da Essência ou Espírito.

Segundo pesquisadores, a evolução natural provoca atualmente a sintetização cerebral. Um novo salto, mudança de frequência. Ela permitirá a elaboração do novo padrão cerebral: o sintético, harmonização entre os dois hemisférios - razão e sentimento.

Isto quer dizer que o ser humano entra em nova frequência vibracional.

O geofísico Schumann descobriu que havia uma graduação de voltagem entre a ionosfera e a Terra. A frequência era de 7 hertz ou ciclos por segundo. No início dos anos 90, foi comprovado que esta frequência aumentou para 8,3 hertz. A hipótese de Patrick Drouot, físico francês, é que o planeta está entrando numa nova frequência.

O geofísico Schumann descobriu que havia uma graduação de voltagem entre a ionosfera e a Terra. A frequência era de 7 hertz ou ciclos por segundo. No início dos anos 90, foi comprovado que esta frequência aumentou para 8,3 hertz. A hipótese de Patrick Drouot, físico francês, é que o planeta está entrando numa nova frequência.

O Calendário Maia diz que antes de 2012 a humanidade passaria por um estado de eterização em seu corpo de luz, provocando a fusão com o corpo de luz da Terra. E isso pode ser a mudança da frequência, descoberta pelos cientistas.

Visões científicas da mediunidade

Trigueirinho, autor de livros a respeito da Era do Espírito, realiza experiências místicas e sugere o DNA sutil em algumas pessoas, o que lhes
garante transmutações perceptivas. André Luiz, no livro Evolução em Dois Mundos, informa sobre a existência de determinadas áreas do cérebro em que predomina um ritmo vibracional extradimensional; Rowland Barkley, xamã australiano, usa técnicas neurolinguísticas e terapias energéticas que possibilitam repadronizar o DNA sutil. Segundo ele, este é a contraparte do DNA celular, contém o registro das potencialidades essenciais (espirituais), enquanto o DNA celular guarda a memória genética; Elaine de Beauport, cientista, mostra nas pesquisas que o cérebro humano é um sistema de energia.

Outros grupos estão pesquisando o GNA (DNA sutil), localizado no corpo energético. Livre de carma material, não manifesta agressividade em sua estrutura, não pertence ao físico mas ao mundo extrafísico. Para seu desenvolvimento é necessária a abertura de novos padrões mentais, que este estimula. É justamente essa estimulação que a humanidade vem sentindo, alguns não sabendo de onde vem e nem como. Este desconhecimento pode colocar o ser humano em conflito.

Mas quando a criatura conhece e se conscientiza, colocando em prática ações extradimensionais, procurando integrar em suas ações os vários compartimentos cerebrais - além de oferecer canalizações para que as informações extrafísicas que permeiam sua vida interfiram em seu universo existencial-, terá como resultado seus diversos corpos ingressando em um vórtice de energia superior. Será um excelente médium, e enfim transcenderá e realizará uma preciosa missão nesta nova frequência vivencial.

Artigo de pesquisa realizada na área de ciência eespiritualidade.

Bandeira da Amizade