Terreiro de Umbanda do Pai Maneco, domingo, 23 julho de 2017

Magia e Integração

por Heloísa Monte Serrat Barbosa - Ogan da gira de 4ª de feira

Os pontos cantados, sem sombra de dúvida, são muito importantes na realização de um trabalho de Umbanda e fazem parte da sustentação deste, assim como outros elementos indispensáveis. Pode-se
dizer que um ponto cantado é mágico e esta magia está na forma de se cantar, precisando de muita
dedicação, amor e doação.

A harmonia do canto com os atabaques tem papel fundamental para o desenvolvimento das atividades espirituais, assim como a integração entre a engoma e a corrente, que também é muito importante.

São cantados pontos desde o início até o nal de uma gira, cada um tendo o seu objetivo específico. Uns iniciam o trabalho, outros mantem a energia circulando para os trabalhos, há ainda os que são
para resolver demandas, alguns para segurança da gira, para chamada dos espíritos, para
encerramento dos trabalhos etc. A integração da engoma com o dirigente do trabalho possibilita
que sejam cantados os pontos adequados no momento em que se necessita deles e, para
isso, a atenção é fundamental!

A todos os médiuns do TPM uma dica muito importante: CANTEM!

Quem canta seus males espanta!”

Editorias: Pontos.

Bandeira da Amizade